Quais são os sintomas da enxaqueca

Uma das maiores dificuldades, para quem tem frequentemente dor de cabeça, é em identificar corretamente os sintomas da enxaqueca. Saber diferenciar a enxaqueca de uma dor de cabeça forte, é o segredo para um diagnóstico mais rápido e um tratamento mais eficiente.

Abaixo vamos descrever os principais sintomas da enxaqueca, como deve combatê-los, quando é ideal procurar um médico e quais as maiores dificuldades da enxaqueca emocional.

Quais são os sintomas da enxaqueca e como identificá-los?

Antes de tudo, vale muito a pena analisar o momento da crise, que é quando conseguimos identificar a enxaqueca de forma mais clara, além de poder combatê-la de forma mais eficiente.

Estes são os principais e mais conhecidos sintomas da enxaqueca:

Dor de cabeça

Quais são os sintomas da enxaqueca

Muito mais pulsante, intensa e dolorida do que uma dor de cabeça comum, algumas dores de cabeça mais fortes (cefaleias) ainda podem ser confundidas com a dor de cabeça comum. O principal diferencial é a propagação da dor (começa muito mais intensa e sem aviso do que uma dor de cabeça comum, que costuma vir de forma mais gradual) e geralmente acontece depois de um dos gatilhos, já descritos no artigo, gatilhos e causas da enxaqueca.

Enjoos e vômitos

O grande diferencial destes enjoos é que eles vêm sem motivo, já que o fígado em si está bem, mas o cérebro recebe uma “informação falsa” de problemas devido aos problemas químicos enfrentados pelo cérebro. Pode se confundir com verdadeiras crises de fígado, que podem causar dores de cabeça, dependendo da intensidade, mas crises desta magnitude geralmente são causadas por algum excesso ou doença silenciosa que gerou uma crise aguda.

Sensibilidade ao som e à luz

Da mesma forma que os enjoos e vômitos, estas sensibilidades são causadas pela desarmonia química do cérebro, que causa a sensibilidade em questão, com sensação dolorosa e de piora da dor de cabeça quando submetido às luzes ou sons. Além disso, existem também os halos, que acontecem antes de uma crise de enxaqueca, que podem ser usados como uma forma definitiva de identificar a enxaqueca.

A enxaqueca emocional e suas consequências

Que o nosso estado emocional é capaz de afetar a nossa condição física já não é novidade alguma, entretanto, a enxaqueca emocional é, na verdade, mais um gatilho do que um sintoma em si, já que ela é capaz de causar uma crise em um momento de instabilidade emocional, como grande stress ou uma crise de choro.

enxaqueca emocional

Muitas vezes, estas crises de enxaqueca emocional são uma doença oportunista, que se aproveita de alguma outra condição neurológica ou psiquiátrica para causar ainda mais dor ao paciente. Se você estiver sofrendo dores de cabeça latejantes e intensas, é importante notificar seu médico.

Deixe o seu Comentário